Skip to content

Beneficiários do Auxílio Brasil em Pernambuco receberão 13 do governo estadual; veja as regras

O governo de Pernambuco garantiu nesta quarta-feira (17) que continuará a pagar a chamada 13 de Bolsa para famílias também no fim da vantagem, substituído por Auxílio Brasil. A o programa estadual de transferência de renda acomodará as pessoas que recebem o novo benefício Sim mantenha as regras adotado em anos anteriores (Olhar para baixo).

Também nesta quarta-feira, o governo federal passou a pagar o Auxílio Brasil para quem já recebeu o Bolsa Família e tem NIS terminando em 1. Quem tem NIS terminando em outros números receberá nos próximos dias.

  • Ajude o Brasil: veja perguntas e respostas
  • Inscrição única: saiba como se inscrever

De acordo com o governo estadual, os custos adicionais são proporcionais ao valor pago pelo governo federal, mas têm valor máximo de R$ 150. O cronograma começa em fevereiro de 2022.

Até outubro de 2021, 1.179.376 famílias receberam o Bolsa Família em Pernambucoque representa 35% da população do estado, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, Infância e Juventude (SDSCJ).

A linha da agência Caixa de Casa Amarela, zona norte do Recife, segue pela Rua Sempre Viva nesta quarta-feira (17) – Foto: Suzana Souza/g1

Para garantir a sobrecarga, Não é necessário registro. Mesmo com a substituição do programa, todas as pessoas inscritas na folha de pagamento do Bolsa Família 2021 por pelo menos metade do ano receber o valor adicional do governo do estado.

Vocês os meses contados podem ser intercalados ou consecutivossegundo o governo do estado. Ou seja, se o sujeito suspendeu o benefício durante o ano e o recebe novamente, é calculada a soma dos dois períodos. Isso também vale para quem recebe o Auxílio Brasil. Você também deve atender aos requisitos do programa federal.

Todas as pessoas que receberam o Bolsa Família migraram automaticamente para o novo programa, segundo o governo federal. Até dezembro, há a promessa de incluir na lista do Auxílio Brasil mais 2,4 milhões de beneficiários – essa lista inclui pessoas já cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) e que estavam na lista de espera do Bolsa Família.

Para os beneficiários recém-inseridos, o governo de Pernambuco só paga os custos adicionais se atingirem a regra de tempo mínimo estabelecida pelo programa.

O governo do estado também mencionou Só é necessário atualizar os dados no CadÚnico se houver alteração nas informações fornecidas na última entrevista, como um nascimento ou morte na família. Caso contrário, você não precisa fazer nada.

Beneficiário entrega o cartão do Bolsa Família para receber dinheiro – Foto: Flora Dolores/O Estado/Arquivo

A pagamento da décima terceira parcela, dependendo do estado, será feito nos mesmos locais de pagamento do Auxílio Brasil. O período é organizado pela data de nascimento do respetivo familiar e pelo número do número de registo social (NIS).

Em anos anteriores, as pessoas sacavam dinheiro com o cartão Bolsa Família. O mesmo deve acontecer quando você receber um novo cartão de vantagens.

A décima terceira parcela paga pelo governo do estado é proporcional ao valor do programa federal, mas atinge o limite máximo de R$ 150ou seja, mesmo que a pessoa receba mais pelo Bolsa Família ou Auxílio Brasil, o valor pago é esse.

Quem recebe valores menores pode atingir o limite por meio do programa Conta Solidária. Para atingir o valor máximo, o beneficiário deve inserir o CPF na Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e). Ao todo, 14 mil estabelecimentos no estado foram credenciados com nota fiscal eletrônica, e o período de cálculo se estende até 31 de janeiro de 2022.

A O reembolso é de até 5% do valor total da compra com a compra de gêneros alimentícios, medicamentos, materiais de higiene pessoal, materiais de limpeza, roupas, calçados e gás de cozinha. Você pode verificar o valor a ser recebido através da internet.

Em caso de dúvidas, você pode entrar em contato com o Mediador Social pelo telefone 0800 081 4421 ou (81) 3183.3066, aberto das 8h às 12h e das 13h às 16h.

O calendário com as datas, seguindo o mês de aniversário da pessoa e o último número do NIS, ainda não foi divulgado. No entanto, o pagamentos começam em fevereiro de 2022segundo o governo do estado.

Geralmente, os valores são dados da seguinte forma:

  • Fevereiro: acolhe pessoas nascidas entre janeiro, fevereiro, março e abril.
  • Marte – que comemora seu aniversário entre os meses de maio, junho, julho e agosto
  • Abril: pessoas que fazem aniversário em setembro, outubro, novembro e dezembro.

O programa estadual, lançado em 2019, realizou pagamentos complementares em 2020 e 2021, distribuindo mais de 312 milhões de reais.

Os vídeos mais vistos de Pernambuco