Skip to content

População no início das filas em Manaus para atualizar o CadÚnico e se cadastrar no atendimento

As longas filas foram registradas nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em Manaus, na manhã desta quarta-feira (10). A população, que começou a chegar de madrugada, tentou atualizar o CadÚnico e poder receber o novo subsídio Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial.

  • Ajude o Brasil: Qual é o valor? Quem vai receber? Veja o que sabemos sobre o programa
  • INSCRIÇÃO ÚNICA: Veja como se cadastrar

O CadÚnico é a porta de entrada das famílias de baixa renda para os programas sociais do país. E também deve ser usado para o Auxílio Brasil, que o governo pretende começar a pagar no dia 17, de acordo com o extinto calendário do Bolsa Família.

No CRAS São José, na Zona Leste, a fila começou a se formar por volta das 5h. O atendimento no local começa às 8h.

No clube, apesar do grande número de pessoas, apenas 40 fichas foram distribuídas. Pessoas com horário agendado ficavam na fila e outras eram direcionadas para uma sala ao lado da área de serviço. Dos que ainda aguardam, espera-se que pelo menos 30 sejam curados.

De acordo com as autoridades locais, há apenas três funcionários trabalhando e o número de pessoas que pedem ajuda excede a capacidade da unidade. Os funcionários também reclamam que a unidade também é revistada por pessoas de outros bairros, o que aumentaria ainda mais as filas.

No CRAS São José, na Zona Leste, a fila começou a se formar por volta das 5h. – Foto: Marcelo Moreira / Rede Amazon

Pessoas que não receberam senha foram levadas para uma sala – Foto: Marcelo Moreira / Rede Amazônica

Assista aos vídeos mais vistos da Amazon