Skip to content

A ajuda ao Brasil vai cair para o Caixa Tem? veja como solicitar e retirar

O Auxilio Brasil será pago a 17,5 milhões de famílias brasileiras. Com a mudança de planos, muitos beneficiários não sabem como receber e querem saber onde o Auxílio Brasil será pago e como remover valores.

Em novembro, o governo federal começou a desembolsar os pagamentos do Auxilio Brasil para 14,5 milhões de famílias que, em outubro, foram consideradas elegíveis para receber o Bolsa Família. Esse público migrou para o novo programa automaticamente, portanto, não houve necessidade de recadastramento para receber o Aid Brasil em 2021.

Em dezembro, o Ministério da Cidadania manteve o mesmo número de famílias beneficiárias. Com a demora na promulgação da PEC dos precários, não foi possível incorporar mais famílias antes do fechamento da folha de pagamento de dezembro.

Em janeiro de 2022, foi anunciado o fim da lista de espera do programa com a entrada de mais de 3 milhões de famílias. Assim, o primeiro pagamento do ano vai atingir mais de 17,5 milhões de famílias.

Outro ponto que permanece igual ao antigo programa é a forma de recebimento do benefício, os beneficiários podem utilizar os cartões e senha já utilizados para sacar o Bolsa Família para receber auxílio do Brasil. Em breve, o governo deverá liberar os novos cartões do programa e enviá-los aos beneficiários.

Para grande parte do público, o Auxilio Brasil vai cair na poupança social digital do Caixa Tem: navegue no índice abaixo e saiba como sacar pelo app.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil?

As regras para recebimento da ajuda brasileira foram definidas por decretos do governo federal. Para ter direito ao benefício, o núcleo familiar deve estar inscrito no Cadastro Único e possuir dados atualizados há pelo menos dois anos.

Outro requisito a ser respeitado é a faixa de renda familiar mensal per capita, que deve ser de até R$ 105 para famílias consideradas em extrema pobreza ou entre R$ 105,01 e R$ 210 para famílias caracterizadas como pobres.

As famílias sujeitas ao regime de emancipação, cuja renda familiar mensal per capita ultrapasse a linha de pobreza em até duas vezes e meia, também poderão se beneficiar do Auxílio Brasil. Essas famílias podem permanecer no Auxilio Brasil por até 24 meses se tiverem gestantes ou pessoas menores de 21 anos.

O governo também estabeleceu outros critérios que a família deve cumprir para não perder o benefício do Auxílio Brasil. Eles estão:

  • Frequência escolar mensal mínima de 60% para crianças dos 4 aos 5 anos;
  • Frequência escolar mensal mínima de 75% para beneficiários de 6 a 21 anos, além de um programa nacional de vacinação completo;
  • Acompanhamento do estado nutricional de crianças menores de 7 anos;
  • Cuidados pré-natais para gestantes.

Como retirar o Auxílio Brasil no Caixa Tem?

Na data definida pelo calendário do Auxilio Brasil, os beneficiários poderão sacar dinheiro ou transferir os títulos para outra conta. Se preferir, o dinheiro também pode ser transferido pelo aplicativo Caixa Tem para efetuar pagamentos de contas de luz, água e luz, ou efetuar pagamentos com Pix ou cartão de débito virtual. O Caixa Tem também permite o pagamento de compras pela máquina sob acordos pré-estabelecidos.

O Auxilio Brasil pode ser retirado de diversas formas, pelo aplicativo Caixa Tem, quiosques de autoatendimento, lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou agências Caixa.

Por pegue o Auxílio Brasil no Caixa Tem o beneficiário deve abrir e selecionar a opção “retirada sem cartão” no aplicativo e clicar em “gerar um código de retirada”. O código é válido por uma hora e deve ser regenerado se o beneficiário não retirar nesse período. Então siga os passos:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem e selecione a opção Gerar código de retirada.
  2. O aplicativo informará então que o beneficiário deve se dirigir a um caixa eletrônico, lotérica ou correspondente da Caixa Aqui antes de continuar. De fato, o código que será gerado é válido por uma hora e se a coleta não for concluída dentro desse tempo, o processo terá que ser reiniciado desde o início.
  3. Se você já estiver no local onde vai sacar dinheiro, clique na opção Gerar Código.
    Preparar! O código de autorização de saque será gerado e você só precisará digitá-lo no caixa no momento da operação.
  4. Na tela do caixa eletrônico, você terá a opção Sair da Assistência de Emergência. Em seguida, deve ser preenchido o número do CPF do beneficiário. Toque e toque na opção Continuar.
  5. O caixa solicitará o código de seis dígitos gerado no aplicativo. Toque e pressione Continuar.

O prazo para saque das ações da Auxílio Brasil será de 120 dias após o depósito das ações na conta contábil. Em caso de não recolhimento nesse prazo, o benefício será devolvido ao regime, conforme estabelecido pela Secretaria de Cidadania.

Como transferir o Auxílio Brasil via Pix?

Os valores do Auxilio Brasil também podem ser transferidos para outra conta via Pix. Veja instruções detalhadas abaixo:

  1. Na tela principal, escolha a opção Pix;
  2. Escolha a opção Pagar;
  3. Na tela seguinte, escolha se deseja transferir via pix key ou QR code;
  4. Caso escolha a opção Chave, indique o tipo que irá utilizar (telefone, CPF/CNPJ, e-mail ou chave aleatória);
  5. Insira os dados da chave e o valor que deseja transferir. O motivo do pagamento é opcional;
    Verifique os dados inseridos e selecione “Sim, digite a senha”;
  6. Digite a senha do Caixa Tem e a transferência será concluída;
  7. Caso prefira pagar via QR Code, você pode optar por escanear o código com a câmera do seu celular ou colar o QR Code;
  8. Basta apontar a câmera para o QR code e digitar a senha do Caixa Tem para finalizar o pagamento;

Tabela de valores do auxílio no Brasil

De acordo com o Ministério da Cidadania, o valor do auxílio no Brasil em novembro recebeu um aumento de quase 20% em relação ao valor médio pago em outubro. Portanto, o benefício médio passou de R$ 186,68 para R$ 224,41 neste mês.

Em dezembro, o governo confirmou o pagamento da Assistência Brasil de R$ 400. Portanto, cada uma das famílias não receberá menos que esse valor. O valor adicional, chamado de benefício extraordinário, também será pago de janeiro a dezembro de 2022.

Valores de benefícios atualizados também foram divulgados. Descubra na tabela abaixo:

Tabela de valores do auxílio no Brasil [atualizada]
tipo de benefício Valor
subsídio de infância R$ 130 por associado (limitado a 5 benefícios)
Subsídio de composição familiar R$ 65 por associado (limitado a 5 benefícios)
Vantagem Superar a pobreza extrema Valor calculado individualmente para cada família
Auxiliares de desporto escolar R$ 100 + pagamento único de R$ 1.000
Bolsista júnior de iniciação científica R$ 100 + pagamento único de R$ 1.000
Ajuda cidadã para crianças R$ 200 (tempo parcial) e R$ 300 (tempo integral)
Apoio à inclusão produtiva rural R$ 200 por família
Subsídios para inclusão produtiva urbana R$ 200 por família
Benefício compensatório transitório O valor será calculado individualmente para cada família.