Skip to content

A coleta de emergência do Nubank vale a pena? veja o que é

O Nubank anunciou recentemente um novo tipo de empréstimo para seus mais de 20 milhões de clientes: é o Retiro de Emergência Nubank. O banco, comprometido em facilitar a vida dos brasileiros e diminuir a complexidade financeira de seus clientes, abriu uma nova oferta de crédito para quem já tem conta no Roxinho.

Até então, o banco permitia saques emergenciais com cartão de crédito até 5% do limite. Esse limite agora foi aumentado para 15% do limite total do cartão de crédito para alguns correntistas.

O cartão Nubank apareceu lá em 2013 e não tem anuidade. Além disso, a conta bancária não tem comissão e paga até 118% do CDI, dependendo de quanto tempo o dinheiro é depositado na conta digital.

É o empréstimo emergencial do Nubank?

Sim, o empréstimo é um novo tipo de empréstimo bancário, que não deve ser confundido com o auxílio emergencial do governo federal. Portanto, o banco recomenda usá-lo apenas em caso de emergência, quando você precisar de dinheiro, que não pode pagar com seu cartão e não pode sacar de outra conta.

Você pode sacar até 15% do limite disponível do cartão de crédito nos caixas eletrônicos da Cirrus no Brasil e no exterior. O custo da retirada é de R$ 6,50, segundo o Nubank.

Até então, o cliente podia sacar até 5% do seu valor limite e não era cobrado. Agora, retirar até 15% do limite do seu cartão custará.

Juros de saque emergencial do Nubank – vale a pena?

Essa nova forma de saque emergencial, em que o Nubank empresta dinheiro além do limite de pagamento do cliente quando a fatura do cartão vence, gerará juros de 9,75% ao mês, dependendo do valor sacado e dos dias contados. até o pagamento.

Segundo o Nubank, esses juros são cobrados automaticamente assim que o saque é feito. Como o nome sugere, esta é uma coleta de emergência, portanto, use-a apenas duas vezes:

  • Se você precisar de (muita) prata física;
  • Onde quer que você esteja, eles não aceitam cartões e você precisa de dinheiro; ou mesmo alguém que não tem conta quer receber dinheiro.

Esse saque também pode ser feito no exterior por meio de um caixa eletrônico da rede Cirrus em moeda local; o valor será convertido em reais na fatura. A rede Cirrus é de propriedade da MasterCard e os caixas eletrônicos podem ser encontrados por cidade, bairro, rua ou endereço no site da empresa.

A comissão cobrada de R$ 6,50 por cada saque feito no Nubank Débito continua sendo, segundo o banco, uma transferência das comissões que o Nubank deve oferecer a possibilidade de saque nas redes associadas. Além dessas comissões, também pode ser cobrada uma taxa de conveniência, determinada pela rede que controla o terminal onde será feito o saque; esta informação será sempre apresentada ao cliente antes que este confirme a retirada.

Nubank defende as menores taxas

Mesmo com juros de saque emergencial de 9,75% ao mês, o banco diz que essa taxa é até 50% menor do que os bancos tradicionais.

No entanto, o banco destacou que a comissão é uma forma de iniciar um relacionamento com alguém que nunca teve a chance de construir um histórico de crédito antes. Hoje, cerca de 6 milhões de clientes do Nubank têm o cartão roxo como primeiro cartão e não seria possível acomodar todas essas pessoas com as menores taxas no formato que existe hoje.

A fintech também informa que seus clientes já economizaram o equivalente a 11,5 bilhões de reais em taxas e comissões que outros bancos cobrariam, tanto em anuidades do cartão quanto em transferências eletrônicas gratuitas (TED) da conta do Nubank para qualquer banco.