Skip to content

Retiro para o aniversário do FGTS 2021: Caixa lança novo calendário em dezembro

A Caixa Económica Federal tornou público o Agenda de saques de aniversário do FGTS em 2021. A modalidade permite ao trabalhador sacar parte do saldo disponível nas contas ativas e inativas do FGTS.

O banco disse que cerca de 13 milhões de brasileiros optaram pelo método de saque que segue o cronograma estabelecido pela Caixa com base no mês de nascimento do beneficiário. Para os nascidos em dezembro, o saque foi ordenado em 01/12 e o prazo para sacar o dinheiro é 28 de fevereiro de 2022.

O método de saque também está disponível para os nascidos em outubro e novembro. Quanto às pessoas nascidas de janeiro a agosto, o período de retirada já expirou. O saque do FGTS aniversário é opcional e para recebê-lo, o trabalhador deve selecionar a opção pelo aplicativo do FGTS (disponível para Android e iOS), pelo site da Caixa fgts.caixa.gov.br ou pelos serviços de internet banking ou ainda no agências bancárias.

Para recolhê-lo no mesmo ano, o trabalhador deve solicitar a retirada até o último dia do mês de seu aniversário. No entanto, ao optar pelo saque anual, o trabalhador não poderá sacar a totalidade da conta de demissão, mas se beneficiará de todas as outras modalidades, inclusive do saque da sanção por demissão. A saque completo da conta do FGTS o motivo de doença grave e aposentadoria, garantidos por lei, permanece válido para a aquisição do imóvel.

O saque de aniversário pode ser avançado

O trabalhador que optou por receber o saque de aniversário também pode solicitar um adiantamento do valor que seria liberado no mês do nascimento. A Caixa permite o pagamento antecipado de até 3 saques anuais, desde que o valor mínimo do contrato seja de R$ 2.000. Para solicitar o saque antecipado de aniversário, o cidadão deve ser maior de 18 anos ou emancipado, possuir conta corrente ou poupança na Caixa e possuir CPF regular junto à Receita Federal.

O saque do aniversário do FGTS pode ser feito antecipadamente pelo Internet Banking na Caixa, pelo App da Caixa ou pelo App do FGTS.

Calendário de aniversário de saque do FGTS 2021

De acordo com a Caixa Económica Federal, o prazo para o trabalhador recolher o dinheiro é do primeiro dia útil do mês de nascimento até ao último dia útil do segundo mês seguinte.

No caso de pessoas nascidas em dezembro, o saque será emitido em 12/01 e ficará disponível até 28 de fevereiro de 2022. Caso não seja recolhido no prazo, o valor volta para as contas do FGTS do empregado. Os prazos para todos os grupos podem ser vistos na tabela abaixo.

Verifique sob o calendário para o novo retiro emergencial do FGTS em 2021:

Calendário de aniversário de saque do FGTS 2021
mês do nascimento tempo de espera
Janeiro Janeiro a 31 de março
Fevereiro de fevereiro a 30 de abril
Marchar de março a 31 de maio
abril de abril a 30 de junho
ele pode maio a 30 de julho
Junho De junho a 31 de agosto
Julho de 30 de julho a 30 de setembro
Agosto de 29 de agosto a 29 de outubro
Setembro de setembro a 30 de novembro
Outubro de outubro a 31 de dezembro
novembro de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022
dezembro de dezembro de 2021 a 28 de fevereiro de 2022

Valor da pensão de aniversário do FGTS 2021

O valor do saque aniversário depende do saldo da conta de cada trabalhador, acrescido de um custo adicional. Para calcular a parte da contribuição de aniversário que o trabalhador recebe anualmente, a Caixa disponibiliza a seguinte tabela:

Suporte de equilíbrio – BRL avaliar Despesas adicionais
Até R$ 500 cinquenta% R$ 0,00
De 500,01 a 1000 40% $ 50,00
De 1.000,01 a 5.000 30% R$ 150,00
De 5.000,01 a 10.000 ventos% $ 650,00
De 10.000,01 a 15.000 quinze% R$ 1.150,00
De 15.000,01 a 20.000 dez% R$ 1.900,00
Mais de 20.000,01 5% R$ 2.900,00

A economia não divulgou o saque emergencial do FGTS

Para os trabalhadores que esperavam outra cobrança de um salário mínimo emergencial do FGTS, isso é uma má notícia. O governo não tem planos de lançar novos FGTS recua em 2021Para este ano, estava novamente previsto o saque de até R$ 1.045 (mínimo em 2020), que no ano passado fez parte do pacote de medidas econômicas do governo para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Embora seja esperada uma nova onda de saques emergenciais do FGTS no início de 2021, com a retomada do auxílio emergencial, o governo acredita que uma nova liberação não será necessária. “No momento não são consideradas liberações extraordinárias de saldos de FGTS. Outras medidas de apoio ao combate aos efeitos económicos da pandemia são prioritárias“, indica a nota do Ministério da Economia.

Consultores do FGTS, representando empresários e governo, se manifestaram contra a emissão de novas taxas, acreditando que a medida colocaria em risco a sustentabilidade do fundo. Durante reunião do conselho de administração do FGTS, o secretário-executivo do colegiado, Gustavo Tillman, disse que é preciso “dar tempo para o fundo se recuperar”. “Tentamos evitar quaisquer medidas adicionais direcionadas à pandemia que possam enfraquecer o fundo e sua sustentabilidade. O ano passado foi um ano muito estressante para o fundo.disse Tillmann.

Caixa liberou R$ 36 bilhões em 2020

O saque emergencial do FGTS publicado em 2020 foi encerrado em 5 de janeiro de 2021. Segundo informações da Caixa, foram sacados aproximadamente R$ 36,5 bilhões de mais de 51,1 milhões de trabalhadores que receberam ou solicitaram automaticamente pelo aplicativo do FGTS até 31 de dezembro.

Cerca de R$ 12 bilhões foram devolvidos às contas do FGTS por não terem sido transferidos das contas de poupança digital. Segundo a Caixa, 19 milhões de trabalhadores se recusaram a sacar os fundos e outros 400 mil registraram um pedido automático de cancelamento de crédito.